quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Capítulo 1 - A Festa de Aniversário!

(Este é um capítulo daqueles...)
Aquando de uma noite de suposto estudo, J. lembra-se que gostaria de ir à Ilha em frente à nossa! (Pico)
qual não foi o meu espanto, quando L. também concorda! deste modo, deixámos todos os cadernos e fichas e canetas para trás, apanhámos o primeiro barco para ir até à dita Ilha, mas qual não é o nosso espanto,meu e da L.,  quando chegámos e nos deparámos com uma festa enorme de aniversário!
"Pois!", disse eu, eram os meus anos! nem sabia para onde me virar! era tanta gente, eram tantas grades de cerveja!
Foi aí que percebi que, além de ter os Melhores Amigos comigo, tinha também muitos conhecidos, que acima de tudo, estavam ali por mim, e não pelas cervejas e afins...
Foi uma daquelas noites, só com Eles, só com Todos aqueles que lá estavam, apenas por mim.
Foi bebedeira de caixão à cova! foi com cada "passa" em cenas que nem sabíamos o que era! Foi uma moca total, cheia de alegria! Cheia de Amigos Verdadeiros...
Mas, ao chegar da manhã... lembrámo-nos do teste de Matemática!
E é que além de estar-mos atrasados para apanhar o barco de volta, estávamos a 0´s, redondos  e  horríveis 0´s...
vomitámos os três durante toda a viagem...sim! os três...
saímos do barco e corremos pela cidade, para não nos atrasarmos mais!
chegámos à Escola! o porteiro, o sr. João, disse com um sorriso escondido pelo bigode: "um bocadito atrasados, não?" Nós rimos-nos até chegar à sala...
quando entrámos na sala, nem licença à professora pedi-mos para entrar! Aquilo foi: chegar, abrir a porta e entrar! até me lembro como se fosse ontem, quando a professora disse: "A festa durou até agora?" e o J. responde: "acha?, agora é que está a começar outra! a Festa da Matemática, não conhece?!"
opá! Nunca ninguém lhe tinha respondido assim! foi tão engraçado ver a expressão da professora!
No final do teste, engraçadas eram as nossas caras! Mal dispostos, enjoados da viagem ainda, com as caras por lavar! estávamos mesmo K.O.!
no final do dia, fomos a casa, tomar um duche rápido, trocar de roupas, e lá fomos nós outra vez! eu tinha o meu jantar de anos, no restaurante encostado à praia! Chegámos os três, entrámos, demos as boas noites e sentámo-nos, direitinhos nas cadeiras, um pouco a medo, para ver senão caíamos das cadeiras! bem que os nossos pais acharam estranho nem termos bebido nada durante todo o jantar, mas, como disse a L. "nós bebemos um sumo hoje à tarde de Laranja natural, e não nos caiu muito bem! " Ai o quê? que resposta mais estúpida! mas até nos safámos com ela! foi o que nos valeu!
Na semana seguinte saíram as notas de Matemática... Fomos chamados ao directivo!
"Outra vez aqui?" disse o Sapinho (alcunha do directivo), e o J. disse: "o Senhor não pára de nos chamar cá! como quer que não venhamos aqui?".
A L. riu tanto, mas tanto que até a tive de trazer à rua! foi tão bom termos nos conhecido!
N.unes

1 comentário:

  1. Gostei...

    Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/

    ResponderEliminar